Coxinha nordestina

Coxinha nordestina

Coxinha sem glúten de mandioca com carne seca

Tem coisa mais paulista do que coxinha? E coisa mais nordestina do que macaxeira – a nossa adorada mandioca, saudada, inclusive, pela PresidentA – e carne seca? Brincadeiras e piadas à parte, juntei duas comidas que a maioria dos paulistas e nordestinos adoram e saiu essa coxinha com massa de mandioca e recheio de carne seca com requeijão cremoso. Na verdade, acho que coxinha, em suas muitas versões, é uma paixão nacional.

Eu também sou apaixonada por coxinha e adoradora da carne seca com mandioca, então, essa receita é algo especial para mim. Pena que é gordice pura. Mas, de vez em quando pode, né?

Detalhe é que esta maravilha foi preparada com as sobras de mandioca cozida e servida com carne seca que eu tinha feito em um almoço anterior. Ou seja, é uma forma deliciosa de aproveitar as sobras de comida e evitar o desperdício. Além disso, como a massa é mandioca pura, não contém glúten! Perfeito para quem tem restrições ou aderiu à famigerada dieta sem glúten, né?

Coxinha nordestina

tempo de preparo:
40 minutos
imprimir receita

Ingredientes

PORÇÕES: Rende 6 coxinhas grandes
- O equivalente a 4 xícaras de chá de mandiocas cozidas amassadas como purê
- 6 xícaras de chá de carne seca desfiada bem fininha
- 2 ovos levemente batidos
- 250 g de requeijão cremoso
- Farinha de rosca para empanar (A farinha de rosca tem glúten, então, se quiser, pode substituir por farinha de arroz, por exemplo.)
- Óleo para fritar (eu uso o de girassol)
- sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo

Tempere a mandioca amassada com sal e pimenta do reino a gosto. É importante que a mandioca esteja bem amassada, sem grumos. Se necessário, passe no processador de alimentos.

Misture a carne seca e o requeijão cremoso.

Com a massa de mandioca, faça discos do cerca de 15 cm de diâmetro e espessura mais grossa para não desmancharem.

Coloque uma boa porção de recheio no centro de cada disco de mandioca. Feche e molde um a um.

Passe as coxinhas, uma a uma, primeiro nos ovos batidos e, em seguida, na farinha de rosca. Isso também vai ajudá-las a ficarem mais firmes.

Frite em óleo bem quente até dourarem. Pronto!

Se não quiser fritar, pode assar. É mais saudável, mas não fica tão crocante.

facebooktwittergoogle_pluspinterestmail

Deixe seu comentário: