Pernil de cordeiro

Pernil de cordeiro

Pernil de cordeiro assado com batatas baby

Eu adoro pernil de cordeiro! Na verdade, cordeiro é das minhas carnes preferidas. Tem gosto forte e deve ser bem temperada. Eu deixo marinar em vinhadalhos por cerca de 24 horas antes do preparo para absorver bem o sabor e o aroma do vinho. Fica maravilhoso!

A vinhadalhos (ou vinha d’alhos) é uma marinada preparada basicamente com vinho e alho. Eu também adiciono à minha vinhadalhos alguns ramos de alecrim fresco e só tempero a carne com sal, pimenta e mais um pouco de alho na hora de assar. Às vezes, também adiciono cominho.

O pernil de cordeiro, assim como outros cortes do animal, é muitas vezes servido com geleia de hortelã, justamente devido ao sabor forte que tem. Eu acho que o gengibre combina bastante e também dá frescor à carne de cordeiro. Por isso, servi o pernil assado com geleia picante de gengibre. Fica à sua escolha.

Mais do que a marinada para o pernil de cordeiro, também uso a vinhadalhos para preparar uma redução que será servida junto com a carne. Veja a receita a seguir.

Pernil de cordeiro

tempo de preparo:
4 horas de forno
imprimir receita

Ingredientes

PORÇÕES: Serve 6 pessoas

PARA O CORDEIRO:

- 1 peça inteira de pernil de cordeiro de cerca de 2 kg
- 1 garrafa de vinho tinto de boa qualidade
- 1 cabeça de alho
- 6 ramos de alecrim fresco
- Sal e pimenta do reino
- Azeite extra virgem
- 1 colher de sopa de manteiga com sal
- Noz moscada
- 1 saco plástico limpo
- 1 saco para assar

PARA AS BATATAS:

- 1 embalagem de batatas baby
- Ramos de tomilho fresco
- Azeite extra virgem
- Sal a gosto

Modo de preparo

No dia anterior ao preparo da carne, coloque o pernil de cordeiro em um saco plástico higienizado. Despeje dentro dele o vinho tinto e junte os 6 dentes de alho esmagados e os ramos de alecrim.

Com um nó, feche bem o saco plástico e armazene o pernil na vinhadalhos, na geladeira, por cerca de 24 horas antes de assá-lo.

No dia seguinte, retire o pernil do saco com a marinada. Coe a vinhadalhos, descarte os resíduos sólidos e reserve o líquido.

Faça furos em todo o pernil com uma faca fina.

Em um potinho, misture 2 colheres de sopa de sal (calcule 1 colher de sopa por quilo de carne), pimenta do reino a gosto (cerca de 1 colher de sopa rasa), 2 colheres de sopa de azeite extra virgem e 3 dentes de alho espremidos. Misture formando um tempero pastoso.

Esfregue o tempero pastoso em toda a carne e coloque o pernil no saco para assar, fechando-o conforme instruções da embalagem (vem com um lacre junto e você deverá fazer um pequeno furo no saco).

Coloque o pernil no saco de assar em um tabuleiro e asse em forno baixo (180ºC a 200ºC) pré-aquecido por cerca de 4 horas, sem medo.

Depois de colocar o pernil para assar. Prepare a redução e as batatas.

Para a redução, tempere o caldo da vinhadalhos com 1 colher de sopa de manteiga com sal e uma generosa pitada de noz moscada ralada na hora. Deixe reduzir em fogo baixo (vai demorar). Se necessário, adicione mais uma pitada de sal para temperar mais.

Prepare as batatas. Lave-as bem e deixe-as com a casca.

Em uma assadeira, disponha as batatinhas. Regue-as com azeite extra virgem, salpique sal a gosto e coloque os ramos de tomilho frescos.

Coloque as batatinhas no forno junto com o pernil de cordeiro para assarem. A cada 40 minutos, abra rapidamente o forno para não deixar o calor escapar e revire as batatinhas para elas dourarem por igual.

Quando o cordeiro terminar de assar, as batatinhas estarão também assadas e bem macias.

Bom apetite!

facebooktwittergoogle_pluspinterestmail

Pingbacks & Trackbacks & Tweetbacks

Ensopado de coelho ao vinho tinto - Do Verbo Comer | Blog de gastronomia | Do Verbo Comer | Blog de gastronomia

[…] preparo desse ensopado de coelho no vinho tinto é muito parecido com o da receita de pernil de cordeiro que dei aqui no blog, já que a carne também deve marinar em vinho tinto com alho e ervas por 24 […]

Favas - Do Verbo Comer | Blog de gastronomia | Do Verbo Comer | Blog de gastronomia

[…] É uma ótima opção de acompanhamento para carnes vermelhas. Eu, por exemplo, servi com um pernil de cordeiro e fez o maior […]

Deixe seu comentário: