Strogonoff de carne

Strogonof

Strogonoff de carne no almoço de sábado

Sábado foi dia de almoço com o irmão. Preparei strogonoff de carne, daqueles bem tradicionais, com milho, cogumelos champignon e batata palha.

Strogonoff é uma receita fácil de fazer e agrada todo o mundo. Você pode preparar strogonoff de carne vermelha (alcatra, contra-filé ou filé mignon, que fica mais macio), frango, camarões e, para quem não come carnes, tem versões vegetarianas, como a de cogumelos (paris, shiitake e/ou shimeji frescos) e a de palmito pupunha, que é maravilhosa!

Mas eu tenho um caso bizarro com strogonoff. É um prato que eu adoro! Durante muito tempo, foi meu preferido e tinha sempre na casa dos meus pais, no dia do meu aniversário.

Pois muito bem, algumas vezes, quando trabalhei na Infoglobo, o refeitório da empresa serviu duas versões, digamos, estranhíssimas dessa maravilha que… bem… não tive nem coragem de provar. A primeira delas foi strogonoff de salsicha! Mas a criatividade dos cozinheiros não parou por aí e eles prepararam uma versão vegetariana ainda pior de strogonoff de chuchu!!! E, aqui, eu digo a vocês que “não tentem isso em casa”! Sério!

A seguir, uma receita realmente gostosa de strogonoff. Esta, sim, está liberada para vocês fazerem. E há várias formas de servir o prato, como com arroz branco ou integral e batata palha ou batata chips; com batatas assadas e até com purê de batata.

Strogonoff de carne

tempo de preparo:
40 minutos
imprimir receita

Ingredientes

PORÇÕES: Rende 6 pratos fundos
- 1 kg de alcatra picada em tiras de cerca de 5 cm ou cubinhos médios
- 1 cebola branca média cortada em cubinhos
- 3 dentes de alho espremidos
- 1 lata de milho verde escorrida (sem o caldo)
- 1 vidro de cogumelos champignons grandes em conserva, escorridos e cortados ao meio
- 3 caixinhas de creme de leite (prefira as caixinhas, porque não têm soro e, se você tem intolerância à lactose, pode usar creme de soja ou de arroz na mesma medida)
- 2 colheres de sopa de extrato de tomate
- 3 colheres de sopa de molho inglês
- 2 colheres de sopa de rum (O correto é usar conhaque, mas eu não tinha em casa. Usei rum e ficou ótimo! Então, é uma alternativa)
- Azeite extra virgem
- Sal, pimenta do reino e noz moscada a gosto

Modo de preparo

Em uma panela funda, aqueça um fio generoso de azeite. Quando estiver bem quente, vá dourando a carne picada aos poucos, em porções.

Importante: a carne não pode estar gelada na hora de cozinhar, deve estar em temperatura ambiente e não coloque tudo de uma vez, para não fazer muita água. Vá colocando porções pouco a pouco. Reserve a carne dourada em um prato à parte.

A cada vez que dourar uma porção de carne, a água dela vai secar e formar uma borra no fundo da panela.

Terminando de dourar toda a carne, coloque mais azeite na panela e junte a cebola.

Quando a cebola estiver cozida, junte o alho e refogue junto por mais alguns minutos. A cebola e o alho vão ficar douradinhos, pegando bem a borra da carne do fundo da panela.

Em seguida, volte toda a carne resrevada no prato para a panela e adicione o extrato de tomate, o molho inglês e o rum (ou conhaque). Mexa para incorporar.

Tempere a gosto com sal, pimenta do reino e noz moscada.

Abaixe o fogo para o mínimo e acrescente o creme de leite, mexendo delicadamente, até incorporar.

Junte o milho e os cogumelos champignon. Misture.

Sirva quente com arroz e batata palha ou conforme outras sugestões dadas neste post.

Enjoy!

facebooktwittergoogle_pluspinterestmail

Deixe seu comentário: